16.12.11

Saudades da palmatória

palmadas - Apocalipse Em Tempo RealSó falta aos legisladores brasileiros regulamentarem a Lei da Gravidade. Ou proibirem o efeito estufa. Todas as outras inutilidades já estão sendo feitas. A Lei da Palmada é só mais um tapa na cara que levamos daqueles que deveriam estar fazendo algo de útil para a sociedade. Bando de desocupados (para não dizer vagabundos).

Em vez de promover a reforma tributária ou política, modernizar o Código Penal e Processual, ou simplesmente botar pra funcionar as leis que já temos e são ignoradas, esses fanfarrões ficam gastando tempo, papel e tinta com nulidades redundantes.

Que mania de se meter na vida dos outros. Todos sabemos que, se um pai agredir ou maltratar seus filhos, já existem instrumentos suficientes para colocá-lo em cana e até mesmo tirar-lhe a guarda. Ninguém, mas ninguém mesmo, defende que crianças sejam espancadas, torturadas ou oprimidas pela família.

Para que essa frescura, então? O projeto que vai para o Senado chega ao requinte de proibir “ameaças e humilhações”. Pelo que entendi, “ameaçar” tirar a TV por uma semana da criança malcriada passou a ser crime? Exigir, em público, que ela pare de gritar e espernear num shopping não seria humilhante demais?

Se um bêbado acender um cigarro num bar, quem paga é o dono do boteco. Se um menor de idade compra bebida alcoólica com documento falso, quem se ferra é o dono da padaria. E agora, se uma mãe bate no filho, quem é multado é a professora, o médico ou assistente social que não denunciar o caso à polícia.

É o Estado invadindo a vida privada de todos, mas sem tomar nenhuma providência ou assumir responsabilidades. Patifaria.

Com certeza, essa lei vai ser aprovada e sancionada. Como todas as outras que não exigem investimentos em seguranças, saúde ou educação.

Daqui uns anos, para dar a impressão de que esse país funciona, algum gênio vagabundo (me perdoem, desocupado) vai propor a Lei do Puxão de Orelha. Para que fique bem claro como somos todos uns imbecis.

Saudades da palmatória. Machucava, pelo menos formava cidadãos de bem e excelente pais de família.

1 comentários:

LUCI@N@ disse...

Apanhei e como apanhei! hoje agredeço meu pai por que eu virei jente,olha ai a junventude todos se perdendo nas drogas nas bebidas e destuindo as familias que DEUS tenha misericordia dessas vidas,tenho vergonha dessa nossa politica,a lei hoje esta do lado da porca vergonha sem fim, ladroagem sem fim, é dinheiro na cueca é dinheiro na meia isso é lamentavél muita ganancia, se conhecesse JESUS eles saberia que seria o susficiente pra ser feliz como eu sou FELIZ COM JESUS AMÉMMMMMMMMMM

Postar um comentário

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More

 
Design by Maxwell Palheta | Bloggerized by Lasantha - Premium Blogger Themes | Walgreens Printable Coupons