18.10.11

O movimento feminista boicotou a pílula anticoncepcional masculina

feminismo - Apocalipse Em Tempo RealA pílula anticoncepcional masculina existe, já é usada na China, mas por pressão do movimento feminista e desinteresse dos Laboratórios Farmacêuticos ela não é produzida no Ocidente. Parece que as mulheres não admitem que os homens tenham poder de escolha sobre a concepção, afinal elas se utilizam desse poder para manipular os homens. Ou seja, se ela não quiser engravidar ela toma a pílula. Se ela quiser engravidar, ela para de tomar a pílula e o homem não fica nem sabendo. Depois vem a pensão alimentícia e o inferno financeiro e emocional para o homem.

3 comentários:

SalomãoCPR/UERJ disse...

O FEMINISMO FOI FEITO PARA DESTRUIR A FAMÍLIA. A mulher que seguir `a risca sua cartilha se tornará por fim lésbica, depressiva, e histérica.
Quando uma esposa processa judicialmente um marido por não pagar a pensão alimentícia ela está pensando somente em si mesma, não nos filhos, pois está condenando o pai delas à cadeia. HÁ EXCEÇÕES DE CASOS E INTENÇÕES. Vemos as mulheres que surrupiam FORTUNAS de empresários e jogadores de futebol quando a lei diz que a pensão é para...alimento! E tem criança aí comendo mais de R$15.000 por mês. Ganhando mais do que o juiz que bateu o martelo em favor da mãe! DEVERIA EXISTIR UM VALOR NACIONAL MÍNIMO PARA A PENSÃO ALIMENTÍCIA. ELA É ALIMENTÍCIA, não para pagar aluguel, babá e academia.
Por vezes os avós já idosos são incriminados judicialmente e vão para a cadeia. PONTO PARA O FEMINISMO, tá destruindo uma outra família!
Quando um homem é incriminado por não pagar a pensão proposta pela esposa - por que não abrir mão da guarda dos filhos ou compartilhá-la, já que não pode sustentá-los? - ele está sendo tolhido de iniciar um novo e possivelmente MELHOR relacionamento. É isso aí, amiga feminista!Ponto pra você e pro FEMINISMO que tá impedindo uma outra colega de ter um relacionamento!
Os filhos nesses casos citados acima nada mais são do que REFÉNS dessas pessoas sórdidas. HÁ EXCEÇÕES DE CASOS...!
A conceição é o grande TRUNFO que a mulher tem sobre o homem. É a ARMA que nós sempre deixamos nas mãos delas.
O HOMEM e a MULHER devem se unir totalmente conscientes de que estão cumprindo um mandamento DIVINO, aliás, realmente o 1o mandamento dado foi "CRESCEI E MULTIPLICAI".
Gerar filhos, a meu ver, é ser como Deus, pois trazemos à existência alguém que não pediu para nascer - e Adão não pediu pra nascer! - e devemos prover-lhe na medida do possível boas condições materiais e afetivas para que possa se tornar um adulto saudável, o qual gerará outra família saudável baseado no bom exemplo dos pais.
Biblicamente o maior responsável espiritual na/pela família é o HOMEM. Divórcios, brigas conjugais e o uso de filhos como reféns é o resultado da perda dessa consciência masculina, que proveio dO Eterno Pai.
Desejando melhores explicações sobre as origens perniciosas do feminismo acesse

Anônimo disse...

Pra começar esse Elsimar mais uma vez dá prova de seu machismo e misoginia, colocando a culpa nas feministas sobre um assunto que ele mesmo reconhece não foi adiante por falta de interesse dos laboratórios.Como sempre as feministas, e em particular uma líder, tem logo que ser apontada como "a feiozinha". Outra coisa, o Brasil não tem 1 bilhão de habitantes como a China, não precisamos de controle de natalidade e sim de planejamente familiar, educação sexual e acesso a contraceptivos facilitados para tod@s. Um adendo: o maior inimigo do planejamento familiar e educação sexual são as religiões, principalmente a católica. Quando ele diz que alguem no governo vetou, com certeza não foram as feministas e com certeza foi alguém que no governo era afinado com os interesses dos laboratórios...

No vídeo o medico apontou os únicos culpados pela não fabricação da pílula masculina: laboratórios e governo federal da época. E se na China hoje, homens tomam pílula, é porque o governo chines resolveru estimular a produção e o consumo por parte dos homens. Resumindo: a adoção da pílula masculina foi de interesse do governo e por isso foi fabricada. Nada teve a ver com feminismo a sua implementação ou não.

Eu gostaria mesmo de ter provas desse posicionamento das tais feministas do tal congresso, uma vez que a divisão da contracepção sempre foi uma bandeira feminista, porque nós mulheres sabemos que a pílula feminina tem muitos efeitos colaterais e muitas mulheres não podem tomá-la por motivos de saúde. E outra se os homens são tão preocupados com essa questão porque não saem por aí reivindicando e cobrando do governo a fabricação da pílula, afinal a nossa já existe há decadas e os homens nunca se manifestaram a respeito da sua pílula nesse tempo todo.

Outra coisa é o machismo dos homens na hora da camisinha, muitos se não a maioria, são os primeiros a pedir às parceiras que dispensem o uso da camisinha e até em contato com prostitutas, existem clientes que pagam mais para poderem transar sem preservativo.

A mulher e a pílula http://migre.me/4r8fP

O futuro da pílula _ versão masculina deverá chegar ao mercado em dez anos http://migre.me/4r5Jl

Anônimo disse...

só pra corrigir,não é machismo não querer usar camisinha,é inconseqüencia(é pensar com a cabeça de baixo msm,n tem nada de guerra de sexos,até por isso tem tnt gay com aids,tbm seria machismo eles n quererem usar camisinha com o parceiro?kkkkkkkkkkkk)
...cuidado pra n rotular tudo oq é inconveniente de machismo,pq isso é no mínimo irresponsável...

Postar um comentário

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More

 
Design by Maxwell Palheta | Bloggerized by Lasantha - Premium Blogger Themes | Walgreens Printable Coupons